Verbos Irregulares em Inglês

Os verbos irregulares em inglês costumam criar uma confusão na hora do aprendizado. Isso porque, pelo próprio nome que carregam parecem uma exceção.

Mas na verdade, eles são tão simples como os demais. E precisam apenas de um pouco de prática para que sua utilização pareça tão natural como a dos verbos regulares em inglês.

Nesse texto você vai ter uma lista de verbos irregulares em inglês com suas traduções e uma lista de frases com verbos irregulares para que o estudo da matéria seja facilitada.

Assim, você não precisa mais quebrar a cabeça sobre como começar a praticar até ter um idioma bem próximo ao nativo.

O que são verbos irregulares em inglês?

Quando quem tenta aprender o inglês como segunda língua aprende os verbos regulares começa a achar que os irregulares serão complicados.

Lista de verbos irregulares
Os verbos irregulares em inglês costumam ter formas diferentes de acordo com o tempo verbal (Foto: depositphotos)

Por isso, cria-se a ideia de que esses termos terão que ser decorados, uma vez que não tem uma regra tão clara do que se acrescenta e do que se substitui. Já que eles variam em relação ao seu passado simples e seu particípio passado.

Temos alguns verbos irregulares que terão o mesmo passado simples e o mesmo particípio passado, como você pode notar no verbo:

TO LEAD (infinitivo) – LEAD (passado simples) – LEAD (particípio passado) = liderar, conduzir, comandar.

E, há outros que terão uma forma verbal no passado simples e outra diferente no particípio passado, que você pode notar em:

TO SPRING (infinitivo) – SPRANG (passando simples) – SPRUNG (particípio passado) = pular, saltar.

É somente a forma como eles devem ser utilizados e conjugados nos tempos passados que os diferencia dos verbos regulares e os tornam um verbo irregular.

Não há uma regra definida que possa ser decorada ou ensinada. Somente a prática (nunca o ímpeto em decorar todos eles num só dia, por favor) pode te fazer não errar quando o assunto for conjugar ou aplicar numa frase um verbo irregular.

Diferença entre verbos irregulares e regulares

Todos os verbos em inglês tem três formas verbais principais que são chamadas de INFINITIVE (infinitivo, para nós), PAST SIMPLE (passado simples) e PAST PARTICIPLE (particípio passado).

Um verbo se torna regular quando ele tem nas formas do passado simples e do particípio apenas o acréscimo de “D” ou de “ED” como você pode perceber nos verbos:

TO WATCH (infinitivo) – WATCHED (passado simples) – WATCHED (particípio passado) = Assistir.
TO BELIEVE (infinitivo) – BELIEVED (passado simples) – BELIEVED (particípio passado) = Acreditar.

Quanto aos verbos regulares, a maior complicação surge quando temos um verbo terminado em “y”. Pois, tornará necessário a troca dessa consoante pela vogal “i” e o “ed” seja adicionado logo após. Como você pode perceber aqui:

TO STUDY (infinitivo) – STUDIED (passado simples) – STUDIED (particípio passado) = Estudar.

Lista dos principais verbos irregulares em inglês com tradução

Observe os verbos irregulares que estão elencados nessa lista por ordem alfabética e seus respectivos modos de uso no past simple e no past participle.

Todos eles estão traduzidos em português ao final para que seu estudo seja facilitado e você tenha um amplo uso na língua inglesa:

INFINITIVEPAST SIMPLEPAST PARTICIPLETRADUÇÃO
To beWasBeenSer / Estar
To becomeBecameBecomeTornar-se
To beginBeganBegunComeçar
To biteBitBittenMorder / Roer
To breakBrokeBrokenQuebrar
To bringBroughtBroughtTrazer
To buildBuiltBuiltConstruir
To buyBoughtBoughtComprar
To catchCaughtCaughtPegar / Apanhar / Surpreender
To chooseChoseChosenEscolher
To comeCameComeVir / Chegar
To costCostCostCustar
To cutCutCutCortar
To doDidDoneFazer / Executar
To drawDrewDrownDesenhar
To drinkDrankDrunkBeber
To driveDroveDrivenDirigir
To eatAteEatenComer
To fallFellFallenCair
To feedFedFedAlimentar / Nutrir / Suprir / Sustentar
To feelFeltFeltSentir / Tocar / Apalpar / Notar
To fightFoughtFoughtLutar / Brigar / Disputar / Guerrear / Combater
To findFoundFoundAchar / Encontrar
To flyFlewFlownIr de avião (para) / Voar
To forbidForbadeForbiddenProibir / Impedir
To forgetForgotForgotEsquecer
To forgiveForgaveForgivenPerdoar
To getGotGot / GottenObter / Receber / Adquirir / Comprar / Ganhar / Atingir
To giveGaveGivenDar
To goWentGoneIr
To growGrewGrownCrescer
To hangHungHungPendurar / Suspender / Enforcar
To haveHadHadTer / Ter de /Possuir / Manter
To hearHeardHeardOuvir / Escutar
To hideHidHiddenEsconder
To hitHitHitAcertar / Bater em / Atingir / Chocar
To holdHeldHeldSegurar / Agarrar / Pegar
To hurtHurtHurtMachucar / Ferir
To keepKeptKeptManter / Guardar / Conservar / Continuar / Permanecer / Durar
To knowKnewKnownSaber / Conhecer / Compreender
To layLaidLaidDeitar / Estender
To leaveLeftLeftDeixar / Sair / Ir / Partir / Desistir / Abandonar
To lendLentLentEmprestar
To letLetLetDeixar / Permitir / Concordar
To lieLayLaynMentir / Enganar / Iludir
To lightLitLitAcender / Iluminar / Incendiar / Inflamar / Clarear
To loseLostLostPerder
To makeMadeMadeFazer / Criar / Fabricar
To meanMeantMeantSignificar
To meetMetMetEncontrar / Conhecer / Reunir-se com
To payPaidPaidPagar
To putPutPutColocar / Pôr / Expor
To readReadReadLer
To rideRodeRiddenCavalgar / Montar / Pilotar (motos, bicicletas)
To ringRangRungTocar / Soar / Telefonar
To runRanRunCorrer
To saySaidSaidDizer / Afirmar / Declarar / Alegar / Proferir
To seeSawSeenVer / Observar / Notar
To sellSoldSoldVender
To sendSentSentEnviar
To shakeShookShakenAgitar
To shineShoneShoneBrilhar
To showShowedShown / ShowedMostrar / Exibir / Indicar / Provar / Revelar
To shutShutShutFechar / Tapar / Obstruir / Encerrar
To singSangSungCantar
To sitSatSatSentar
To sleepSleptSleptDormir
To speakSpokeSpokenFalar / Dizer / Declarar / Conversar / Exprimir / Discursar
To spendSpentSpentGastar (dinheiro) / Passar (tempo) / Esgotar / Exaurir
To standStoodStoodFicar em pé / Aguentar / Levantar-se
To stealStoleStolenRoubar
To swimSwamSwumNadar
To takeTookTakenPegar / Tomar / Ocupar / Usar / Conduzir
To teachTaughtTaughtEnsinar
To tellToldToldContar / Dizer / Falar / Narrar / Informar / Comunicar / Avisar
To thinkThoughtThoughtPensar
To throwThrewThrownArremessar / Jogar / Atirar
To understandUnderstoodUnderstoodEntender
To wakeWokeWokenAcordar / Despertar
To wearWoreWornVestir / Usar / Consumir
To winWonWonGanhar
To writeWroteWrittenEscrever

Frases com verbos irregulares

Observe na lista abaixo algumas frases que trazem em sua composição verbos irregulares bastante utilizados na língua inglesa.

Aproveite para ver como é simples criar hipóteses utilizando esses verbos:

It’s the first time I’ve driven a carÉ a primeira vez que eu dirijo um carro.

She used to ride horses on her uncle’s farm when she was a kid.Ela costumava andar à cavalos na fazenda do tio quando era uma criança.

I’ve felt at ease with everybody at the party. – Eu me senti à vontade com todos na festa.

He’ll ring you up after the class.Ele vai te ligar depois da aula.

We met by chance at the mall. – Nos encontramos por acaso no shopping.

My brother’s studying to become a doctor, but I don’t believe he’ll be a good one. – Meu irmão está estudando para se tornar médico, mas eu não acho que ele será um dos bons.

Can you believe she had the nerve to come uninvited? – Você acredita que ela teve a cara de pau de vir sem ser convidada?

They were caught red handed on her mother’s bed. – Eles foram pegos no flagra na cama da mãe dela.

Do you rembember I’ve lent you some money last month? Could you pay me back?  – Você lembra que te emprestei dinheiro mês passado? Você poderia me pagar de volta?

– I couldn’t understand when he left without saying goodbye, but now I do… Eu não consegui entender quando ele saiu sem se despedir, mas agora eu consigo.

Todas as frases utilizadas acima foram cuidadosamente criadas com os verbos que estão elencados na lista do tópico anterior.

Verbos irregulares utilizados como verbos auxiliares

Os verbos chamados de auxiliares na língua inglesa cumprem a função de fazer com que os verbos principais nas orações passem as ideias que o interlocutor pretenda.

Portanto, eles podem ser verbos auxiliares que mudam o sentido da frase ou  verbos auxiliares que apenas complementam a ideia da mesma. Nesse último caso, esses verbos não possuem uma tradução.

Esses verbos que auxiliam que a frase possa ter o sentido sem que tenham significado direto dentro dela são: TO BE / TO DO / TO HAVE. E, coincidência ou não, os três são verbos irregulares na língua inglesa.

Observe agora seus usos enquanto verbos auxiliares:

Verbo To be como auxiliar

Quando ele é utilizado enquanto verbo auxiliar, geralmente cumpre duas funções: ou ele ajudará a formar a voz passiva nas frases, ou sua função será formar uma locução verbal. Observe como isso se dá:

– The repairs were made by my grandfather, he’s a very nice bricklayer. (Os reparos foram feitos pelo meu avô, ele é um ótimo pedreiro).

Nesse primeiro exemplo, o verbo “to be” serviu como instrumento formador da voz passiva.

– She was crying all night long because of her broke up. (Ela estava chorando a noite toda por causa de seu término).

Já nesse segundo uso, o verbo “to be” foi utilizado para montar a locução verbal que indica o estado da pessoa a quem a frase se refere.

Verbo To do como auxiliar

O verbo “TO DO” será utilizado como auxiliar tanto no SIMPLE PRESENT quanto no SIMPLE PAST. Assim, é possível formar frases negativas e interrogativas nesses tempos.

No entanto, vale ressaltar que ele não tem um significado por si só dentro das frases e conjugações que ele ajuda a alcançar. Observe os exemplos:

DID she buy? (Ela comprou?)

Comprar em inglês é “TO BUY”, logo, a presença de “DID” serve apenas para indicar o tempo passado e interrogativo na frase.

She DIDN’T buy. (Ela não comprou.)

Da mesma forma, o “DO” foi utilizado como auxiliar para deixar a frase no passado e na negativa, tendo em vista que não traz seu significado singular para as frases em que aparece.

– You DON’T like. (Você não gosta.)

“DON’T” é a forma abreviada de DO + NOT, que serve apenas para deixar clara a intenção negativa da frase no presente, não tendo o  verbo aqui qualquer outro significado além de auxiliar no tempo e modo verbal da frase.

– DO you like? (Você gosta?)

“TO LIKE”, em inglês, já tem o significado de gostar. A necessidade do “DO” nessa frase é apenas para montar o modo interrogativo no tempo presente. Sendo assim, ele não tem nenhum significado próprio dentro da frase a não ser adequá-la ao que o interlocutor queira dizer em inglês.

Verbo To have como auxiliar

Esse verbo vai auxiliar em todos os tempos compostos, também conhecido como PERFECT TENSES. Isso porque, eles precisam desse verbo auxiliar para deixar claro o tempo em que a frase se passa, seja na afirmativa, na negativa ou na interrogativa. Observe:

– You have finished this book. Você terminou esse livro.

– You haven’t finished this book. Você não terminou esse livro.

– Have you finished this book? Você terminou esse livro?

Essa seria a conjugação do verbo “TO FINISH” (terminar, finalizar – que é regular) no tempo chamado PRESENT PERFECT. Mas, todos os demais precisarão do “HAVE” para que possam cumprir sua função gramatical.

Rapaz estudando
A melhor forma de aprender os verbos irregulares é praticando (Foto: depositphotos)

Fórmulas dos tempos verbais em inglês

A fórmula do PRESENT PERFECT (para a afirmativa)  é:

SUJEITO + HAVE + PAST PARTICIPLE DO VERBO PRINCIPAL

No PRESENT PERFECT CONTINUOUS (para afirmativa) teremos:

SUJEITO + HAVE + PAST PARTICIPLE DO VERBO TO BE (been) + INFINITIVO DO VERBO PRINCIPAL SEM O TO E COM ING.

No PAST PERFECT (para a afirmativa) teremos:

SUJEITO + HAD + PAST PARTICIPLE DO VERBO PRINCIPAL.

No PAST PERFECT CONTINUOUS (para afirmativa) teremos:

SUJEITO + HAD + PAST PARTICIPLE DO VERBO TO BE (been) + VERBO PRINCIPAL NO INFINITIVO SEM O TO E COM ING.

No FUTURE PERFECT (para a afirmativa) teremos:

SUJEITO + WILL + HAVE + PAST PARTICIPLE DO VERBO PRINCIPAL.

No FUTURE PERFECT CONTINUOUS (para a afirmativa) teremos:

SUJEITO + WILL + HAVE + PAST PARTICIPLE DO VERBO TO BE (been) + VERBO PRINCIPAL NO INFINITIO SEM O TO E COM ING.

Assim sendo, como você pode observar, todos os tempos compostos precisarão do “HAVE” em algum de seus tempos, para que suas conjugações possam ser corretamente executadas.

Observação importante quanto ao ‘PAST PARTICPLE’

Lembre-se que você sempre precisará utilizar-se do PAST PARTICIPLE quando estiver diante de algum tempo verbal do modo ‘’PERFECT”.

Em regra, todos eles são conjugados com base no PAST PARTICIPLE dos verbos principais a serem utilizados para as frases e textos que se tende a construir.

Porém, entre eles também temos o tempo que se chama PERFECT CONTINUOUS.

Nesse caso, o verbo principal virá em sua forma infinitiva acrescida de ING. Isso porque, o verbo que estará no PAST PARTICIPLE para que as frases possam ser montadas será o TO BE, na forma de BEEN.

Veja exemplos destas duas formas de aplicação, para que a compreensão fique mais fácil.

Os tempos chamados de PERFECT são:

– Present Perfect

Observe no exemplo abaixo como o verbo irregular “TO KNOW” pode ser utilizado numa frase afirmativa neste tempo:

I’ve known his intentions before he started speaking.  (Eu soube das intenções dele mesmo antes dele começar a falar.)

– Present Perfect Continuous

Observe no exemplo abaixo como o verbo “TO SLEEP” pode ser utilizado numa frase negativa nesse tempo:

– I haven’t been sleeping these past two weeks.  (Eu não tenho dormido nessas últimas duas semanas.)

– Past Perfect

Observe no exemplo abaixo como o verbo “TO SEE” pode ser utilizado numa frase interrogativa nesse tempo:

– Had he seen his grandma before she passed away? (Ele tinha visto a avó antes dela morrer?)

– Past Perfect Continuous

Observe uma possível resposta à pergunta da questão anterior utilizando-se do tempo verbal em análise:

– Of course! Although they spent more years than they should without speaking, he had been seeing her every other weekend in the hospital. (Claro! Embora eles tenham passado mais anos do que deviam sem se falar, ele a tinha visto fim de semana sim, fim de semana não no hospital.)

– Future Perfect

Observe como o verbo irregular “TO PAY” pode ser utilizado em uma frase afirmativa nesse tempo em análise:

– We will have paid you before you come back from your trip. (Nós o teremos pago antes que você volte de viagem.)

– Future Perfect Continuous

Observe em um exemplo afirmativo como o verbo “TO TELL” pode ser usado nesse tempo verbal em análise:

 – I will have been telling everybody I know how proud I am to have raised you as good man. (Eu estarei dizendo a todos os que eu conheço o quão orgulhoso eu sou de ter lhe criado como um bom homem.)

Outros verbos irregulares em inglês e suas traduções

Além dos verbos irregulares que são mais usados em inglês, você pode aumentar o seu vocabulário na língua e concluir seu entendimento sobre a matéria observando os verbos abaixo.

Esses são os demais verbos irregulares da língua com suas respectivas traduções, organizados, também, em ordem alfabética:

INFINITIVEPAST SIMPLEPAST PARTICIPLETRADUÇÃO
To beatBeatBeatenDerrotar
To bendBentBentDobrar / Curvar-se
To betBetBetApostar
To blowBlewBlownExplodir / Soprar / Assoprar / Bufar
To broadcastBroadcastBroadcastTransmitir / Difundir
To burstBurstBurstEstourar
To creepCreeptCreeptAssustar / Rastejar / Engatinhar
To dealDealtDealtLidar / Tratar / Negociar
To digDugDugCavar
To fleeFledFledFugir / Evitar / Abandonar
To freezeFrozeFrozenCongelar / Refrigerar / Solidificar
To kneelKneltKneltAjoelhar
To leadLedLedComandar / Conduzir / Chefear
To riseRoseRisenSubir / Aumentar / Emergir / Ascender-se
To seekSoughtSoughtBuscar / Procurar
To setSetSetPôr / Estabelecer / Regular
To sewSewedSewn / SewedCosturar
To shootShotShotAtirar / Lançar / Filmar / Fotogravar
To shrinkShrankShrunkEncolher / Diminuir
To sinkSankSunkAfundar / Mergulhar
To slideSlidSlidDeslizar / Escorregar
To spitSpatSpatCuspir / Expectorar / Escarrar
To splitSplitSplitDividir / Rachar
To spreadSpeadSpreadEspalhar / Divulgar
To springSprangSprungSaltar / Pular
To stickStuckStuckFicar / Colar / Cravar / Enfiar / Meter
To stingStungStungPicar / Ferroar / Arder / Doer
To stinkStankStunkFeder
To strikeStruckStruckAtacar
To swearSworeSwornJurar
To sweepSweptSweptVarrer
To swingSwungSwungBalançar / Oscilar / Virar
To tearToreTornRasgar / Romper / Dilacerar
To weepWeptWeptChorar / Lacrimejar

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.

Colors: Cores em inglês

As cores em inglês complementam os assuntos mais simples da língua inglesa. Por isso, é comum que as crianças tenham contato com esse conteúdo desde muito cedo.

No países que têm o inglês como língua oficial, principalmente Estados Unidos e Canadá, onde o programa fez mais sucesso, as crianças aprenderam sobre as cores em inglês cantando os versos de Barney & Friends: ”I like red it’s the color of an apple / Orange it’s the color of an Orange / Yellow it’s a lemon and a beautiful sun sun sun” (Em uma tradução livre: “Eu gosto de vermelho, é a cor de uma maçã / Laranja é a cor de uma laranja / Amarelo é a cor do limão e um lindo sol, sol, sol”)

Devido à identificação nas fases da primeira infância, as cores são sempre os assuntos preferidos nas pré-escolas e nas séries iniciais, tanto nas aulas de arte como nas de língua.

Isso porque, o universo infantil historicamente é cercado de elementos coloridos. E, numa visão pedagógica, tudo que tem cor e movimento tende à prender a atenção das crianças nos primeiros momentos.

Porém, não é só no aprendizado infantil que esse assunto se faz importante. Dominar o conteúdo pode ser essencial no momento de fazer compras em viagens ao exterior onde provavelmente você pode precisar dizer coisas como: “você tem a peça vermelha em um tamanho maior?”.

Ou mesmo, no momento de comprar seu carro importado no exterior, você pode precisar dizer: “Eu prefiro o modelo amarelo”.

Além de algumas expressões linguísticas que podem facilitar a comunicação e envolvem as cores em inglês. Então, vamos adentrar esse universo lúdico juntos e aumentar ainda mais sua compreensão acerca do tema?

Lista de cores em inglês

Abaixo você terá organizada uma lista com cores em inglês e suas traduções para o português. Confira!

Cores do arco-íris
Além das cores, você também pode falar suas tonalidades (Foto: depositphotos)

White – Branco
Beige – Bege
Black – Preto
Brown / Maroon – Marrom
Red – Vermelho
Yellow – Amarelo
Blue – Azul
Green – Verde
Orange – Laranja
Pink – Rosa
Gray – Cinza
Lilac – Lilás
Purple – Roxo
Magenta – Magenta
Violet – Violeta
Gold – Dourado
Silver – Prateado
Tan – Bronze

Tonalidades de cores

Ao longo da vida nós colecionamos informações aceca das cores que nos ajudam a identificar suas tonalidades.

Em diversas carreiras, em áreas como design e arquitetura, saber como identificar, sugerir e falar sobre as diversas tonalidades que as cores podem apresentar, pode ser bastante útil aos profissionais da área.

As vezes, esse tipo de aprofundamento exige alguma pesquisa, pois, em português diversas tonalidades têm nomes próprios.

Sendo assim, essas tonalidades em inglês podem ser identificadas como nos exemplos abaixo sobre alguns tons de azul:

Baby Blue – Azul bebê
Aquamarine – Azul piscina
Cerulean – Azul cerúleo
Cobalt Blue – Azul cobalto
Navy Blue – Azul marinho
Cyan – Ciano
Sapphire – Azul Safira
Turquoise – Azul Turquesa
Teal – Azul Petróleo

E, acontece também com diversas outras tonalidades de cores como em:

Carmine – Carmim
Olive – Verde Oliva
Peach – Pêssego
Salmon – Salmão
Scarlet – Laranja Escarlate
Lavender – Lavanda
Lime – Verde limão
Cherry – Rosa cereja

Com um pouco de pesquisa direcionada você consegue descobrir diversos nomes próprios de tonalidades se esse for o seu foco.

Isso se sua profissão ou a sua necessidade comunicativa englobar nomes técnicos das cores que você almeja referir-se.

Porém, de um modo geral, quando sua necessidade for apenas dizer que quer uma tonalidade mais clara de determinada cor, você poderá acrescentar a palavra LIGHT antes da cor à qual pretende se referir.

Assim, criando uma collocation que te ajudará a nomear aquela tonalidade de acordo com sua intenção, observe:

Light Blue – Azul Claro
Light Green – Verde Claro
Light Orange – Laranja Claro

Já se sua intenção for referir-se à uma tonalidade mais escura de determinada cor, você poderá utilizar a palavra DARK para criar a collocation, como acontece com:

Dark Gray – Cinza escuro
Dark Pink – Rosa escuro
Dark Yellow – Amarelo escuro

Sufixo ISH em cores: como funciona essa formação de palavra?

Muitas vezes sentimos a necessidade de comunicar em palavras cores que para nossa visão ou percepção não parecem bem determinadas. E o sufixo ISH vai te ajudar a referir-se à essas cores, caso você necessite.

Quantas vezes não falamos que ao lavar roupas de cor junto à roupas brancas numa máquina de lavar as peças ficaram “avermelhadas”?

Ou, nos referimos aos olhos de alguém como “azulados” ou “esverdeados”, por não termos certeza da cor?

É exatamente para isso que esse sufixo vai servir, observe como utilizá-lo:

Redish – Avermelhado
Bluish – Azulado
Greenish – Esverdeado
Purpleish – Arroxeado
Pinkish – Rosado
Yellowish – Amarelado

Olho esverdeado
O sufixo ISH pode ser usado para falar sobre cor dos olhos (Foto: depositphotos)

E, o uso é mais comum e simples do que você imagina, como você pode observar na aplicação de algumas frases exemplificativas:

Her hair was kind of yellowish, I’m not sure if it was a good idea dying it again – O cabelo dela estava meio amarelado, eu não tenho certeza se foi uma boa ideia tingi-lo novamente.

I need to change the color of my office, and I’m think about painting it bluish – Eu estou pensando em mudar a cor do meu escritório, e eu estou pensando em pintá-lo azulado.

The witness was not sure about what color was the burglar’s eyes, he said they looked like blueish or greenish – A testemunha não tinha certeza sobre a cor que tinham os olhos do assaltante, ele disse que eles pareciam azulados ou esverdeados.

Exemplos de diálogos

Diversos diálogos acerca das cores podem ser importantes para a melhor compreensão e prática acerca do tema.

Observe alguns dos exemplos mais comuns em que as pessoas precisam se referir às cores quando estão se comunicando:

Exemplo 01:

A – Look at that dress in the window over there. – Olhe aquele vestido na vitrine logo ali.

B – Which one? – Qual deles?

A – The red one. – O vermelho.

Exemplo 02:

A – Good afternoom, Ms. Can I help you? – Boa tarde, Sra. Posso ajudar-lhe?

B – Sure! I really liked the red dress in the window, can I try it on, please? – Claro! Eu realmente gostei do vestido vermelho da vitrine, posso experimentá-lo, por favor?

A – Of course, what’s your size, please? – Claro, qual seu tamanho, por favor?

B – Small. – P.

A – I’m sorry, we don’t have the red one on a small size. But I have the same dress in navy blue on your size. Would you like to try? – Desculpe, não temos o vermelho em tamanho P. Mas, eu tenho o mesmo vestido azul marinho no seu tamanho. Você gostaria de experimentar?

B – No, thanks. I was only interested on the red one. – Não, obrigado. Eu só estava interessada no vermelho.

Exemplo 03:

A – Hello, Sir. Are you taking the black BMW you tested yesterday? – Olá, Senhor. Você vai levar a BMW preta que experimentou ontem?

B – Maybe I’ll take it as a gift for my son, but he asked me to buy it on white. Do you guys have it with leather seats? – Talvez eu leve como presente para meu filho, mas ele me pediu que comprasse branca. Vocês tem com bancos de couro?

A – Of couse we have it. You’re making an excellent deal buying it with us. – Claro que temos. Você está fazendo um ótimo negócio comprando conosco.

Expressões comuns

É bastante comum que nós nos deparemos com algumas expressões em inglês que envolvam cores e que tenham significados comunicativos próprios.

Por exemplo, a cor GREEN está associada à diversas expressões relacionadas à ecologia, sustentabilidade. Como você pode conferir algumas abaixo e aprimorar seus conhecimentos acerca do tema:

Green tourism – Turismo ecológico
Green energy – Energia com impacto reduzido à natureza
Green paper – Papel reciclado

Porém, existem algumas collocations com a palavra GREEN que não vão estar associadas à ecologia. E sim, à coisas comuns, cotidianas. Como por exemplo:

Green apple – Maçã verde
Green light – Semáforo verde

Ainda associado à cor verde, temos a expressão linguística: TO BE GREEN. Que, em inglês, vai significar: estar/ser imaturo, inexperiente. E você pode ver aplicada em frases como:

I think he’s green as a lawyer to have his own office, but, I’m rooting it works fine. – Eu acho que ele é inexperiente como advogado pra ter o próprio escritório, mas, estou torcendo que dê certo.

Your boyfriend is not green, is childish. – Seu namorado não é imaturo, é infantil.

Em diversas situações nós nos referimos aos olhos de quem acaba de chorar em português como “vermelhos e inchados”. Em inglês a expressão também vai existir e se chamará “red and puffy”.

Observe ela sendo usada no diálogo abaixo:

A – What’ve happened to you? – O que houve com você?

B – What do you mean with that? I’m fine. – O que você quer dizer com isso? Estou bem.

A – You’re not making a fool of me. Your voice is shaking and your eyes are red and puffy. Talk to me, let me help you. – Você não me engana. Sua voz está trêmula e seus olhos estão vermelhos e inchados. Converse comigo, me deixe te ajudar.

Porém, também nos referimos à nossa pele estar “vermelha e inchada” quando temos machucados, feridas ou hematomas.

Nesse caso, em inglês nós diremos que aquela camada de pele está: “red and swollen”. Observe ela sendo usada no diálogo abaixo:

A – I think you should see a doctor, your leg is red and swollen. – Eu acho que você deveria ir ao médico, sua perna está vermelha e inchada.

B – I really can’t move. Can you call the emergency? – Eu não consigo me mexer. Você pode ligar pra emergência?

A – Of course, keep yourself quiet ‘til they come. – Claro, mantenha-se quieto até eles chegarem.

Ainda que as duas expressões signifiquem para nós a mesma coisa, você poderá dar significados diferentes de acordo com a expressão que você use.

Por exemplo:

Se você diz: “Your eyes are red and puffy”, a pessoa que ouve vai entender que apresenta um inchaço nos olhos parecido à choro, à uma crise alérgica ou mesmo uma leve conjuntivite que a faz lacrimejar.

Já se você diz: “Your eyes are red and swollen”, a pessoa que ouve vai entender que apresenta hematomas nos olhos como de um soco desferido contra o rosto, uma pancada ocasionada por um acidente e alguns outros derivados.

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.

Saudações em inglês

Saudações em inglês são ferramentas bastante poderosas de comunicação. Isso porque, unem estruturas mais complexas com estruturas mais simples dentro de um mesmo conteúdo.

Uma mesma intenção pode ser dita com facilidade em uma estrutura linguística mais simples ou mesmo mais avançada. E isso acaba sendo um ótimo exercício para o aprendiz tanto do inglês britânico quanto do inglês americano.

Mesmo que no fundo, esses tipos sejam a mesma língua aplicada de maneira um pouco diferenciada em alguns contextos.

Saudações básicas em inglês

Os cumprimentos em inglês mais básicos que são mais comumente apreendidos e difundidos no ensino da língua são:

Hi – Oi/Olá
Hello – Oi/Olá
Nice to meet you – Prazer em conhece-lo (a).
Nice to meet you too. – O prazer é todo meu.
How are you? – Como vai você?
How is your live? – Como vai sua vida?
What are you doing? – O que você está fazendo?

Essas são as formas mais comuns e mais facilmente compreendidas de se cumprimentar alguém e ter uma conversa rápida com a pessoa.

Cumprimentos em inglês e a formalidade

Ao  passo que o seu nível linguístico evolui, é preciso que você pense em maneiras mais elaboradas de falar as coisas mais simples.

Imagine-se em um jantar de trabalho com representantes internacionais onde você tem a intenção de apresentar duas pessoas, pense na seguinte frase: “Você quer conhecer o Bruno?”.

Em inglês, num primeiro momento, você poderia querer pronunciá-la da seguinte forma: “Do you want to meet Bruno?”.

Mas, em situações formais, é preferível que para essa mesma semântica você se utilize das seguintes estruturas:

Let me introduce you (to Bruno). – Deixe eu lhe apresentar  (ao Bruno).

Have you already met (Bruno)? Let me introduce you to him… – Você já conheceu (o Bruno?) Deixe eu lhe apresentar a ele…

I’d like you to meet (Bruno) – Eu gostaria que você conhecesse (o Bruno)

Nessa situação, quando você está utilizando-se de “I’d” é a forma contraída de “I would”, que junto do verbo TO LIKE (gostar), transforma-se em: eu gostaria.

Se a situação exigir uma desenvoltura maior da língua, porém não for uma situação tão formal, você não precisará da estrutura “I’D LIKE” como por exemplo em: I want you to meet my parents.Eu quero que você conheça os meus pais.

Frases cotidianas mais formais

Existem várias expressões em inglês que deixam mais formais e demonstram uma maior polidez do idioma, como em frases cotidianas, tendo como exemplo o “tudo bom?”.

Observe algumas dessas frases que trazem o inglês mais provável de ser ouvido e entendido nas ruas e pelas pessoas que você precise se comunicar:

Hey, how is it going? – Como vai? Tudo bem?

Geralmente, esse HOW IS vai vir na forma contraída HOW’S. Então, esteja preparado para as aglutinações idiomáticas no momento em que esse cumprimento for expresso.

Ele cai bem tanto para situações mais cotidianas em que você encontra alguém pelo caminho e precisa fazer um ‘’small talk” (cumprimentar e sair), quanto em situações formais em que você precise iniciar conversas, desde que já conheça com quem fala.

How have you been? – Como tem passado?

É uma forma mais polida e mais avançada do normalmente ensinado “how are you?”.

Também demonstra mais conforto do falante quando por ele a expressão é utilizada e faz com que quem ouve crie a ideia de que o interesse vai além do: “I’m fine, thanks”.

Isso porque, a expressão ultrapassa a ideia de que a gente pergunta algumas coisas apenas por educação. Inclusive, é bastante comum que o HOW HAVE seja proferido como HOW’VE.

Long time, no see. How have you been up to? – Quanto tempo não te vejo. O que você tem feito?

É bastante utilizado em situações mais formais onde as pessoas já se conhecem e não se veem a algum tempo.

É uma pergunta que abre espaço para o “catch up” (uma conversa para colocar o papo em dia). Também é bastante comum que na hora de perguntar o HOW’VE seja a contração utilizada nesse caso.

Cumprimentar em inglês: o verbo existe?

Há, em inglês, duas estruturas verbais que vão passar para os nativos a mesma ideia que o verbo cumprimentar tem para nós falantes nativos do português. As estruturas em questão são:

TO SAY HI TO (SOMEONE) e TO SAY HELLO TO (SOMEONE).

Toda a ideia de cumprimentos passa pelas estruturas básicas que foram citadas no começo do texto, por isso que é bastante comum que o “SAY HI” ou “SAY HELLO” passe a ideia de: “cumprimente”, “diga oi”, quando aplicado em frases diversas. Como:

Wait for me here. Let me just say hi to those two friends of mine over there. – Me espere aqui. Deixa só eu cumprimentar aquelas duas amigas minhas logo ali.

Have you already said hello to our guests, dear? – Você já cumprimentou nossos convidados, querido?

It’s not polite lock yourself in your room not to say hi to our parents that came for dinner, I taught you better than this. – Não é educado trancar-se em seu quarto para não cumprimentar nossos parentes que vieram jantar, eu te eduquei melhor que isso.

I’ve already said hello to all the guests at this reception. Now, I want to take off my shoes and enjoy my wedding party a little. – Eu já cumprimentei todos os convidados nessa recepção. Agora, eu quero tirar meus sapatos e aproveitar minha festa de casamento um pouco.

Cumprimentos em inglês na hora de escrever e-mails de trabalho

Surge bastante dúvida nos aprendizes da língua sobre como é a forma mais adequada de iniciar e-mails de trabalho em inglês. Se há ou não cumprimentos que tornem a comunicação mais polida.

Portanto, há aqui algumas sugestões de como você pode iniciar comunicações profissionais sem soar exagerado ou mal educado.

A palavra em inglês “DEAR” que em muitos contextos íntimos pode significar: querido (a), amor, dentre outros adjetivos que possam ser utilizados entre casais. Para comunicações formais tem em inglês a conotação de “CARO (A)”.

Observe alguns exemplos de como comunicações formais que podem ser realizadas:

“Dear (Mr. Wayne), I would like to take the oportunity to thank you for your remarks in your communication with us…” . Em português a estrutura traduzir-se-ia como: “Caro (Sr. Wayne), gostaria de aproveitar a oportunidade para agradecê-lo por suas observações em sua comunicação conosco…”

Caso não seja necessário uma ‘’proximidade’’ com a pessoa que você pretende comunicar-se profissionalmente, seja pelo perfil da empresa, seja pela ausência de proximidade com quem irá receber a comunicação escrita, você pode optar apenas pelo sobrenome e Mr./Mrs./Mss., em sua comunicação. Como:

“(Mr. Wayne), we were informed about your complaints, and I’d like to offer you…”. Numa tradução livre para o português isso poderia ser entendido como: “(Sr. Wayne), fomos informados sobre suas reclamações, e gostaria de oferecer-lhe…”.

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.

Verbo to be: passado, presente e futuro

O famoso, tão citado, e, nem sempre tão bem compreendido verbo to be é um aliado essencial para quem deseja ter um bom uso do idioma, mas nem sempre isso acontece de uma maneira simples.

E quando esse verbo se torna uma confusão na cabeça do aprendiz da língua inglesa, ele pode comprometer todo o aprendizado da língua.

Isso porque, além de essencial para comunicar informações básicas da vida humana como: “Eu estou doente” ou “eu sou advogado”; o verbo to be funciona como auxiliar de alguns tempos verbais da língua inglesa.

Então, compreendê-lo e saber a forma adequada de como utilizá-lo é primordial para o desenvolvimento do idioma.

O que é verbo?

Os verbos dentro de uma língua tratam-se da classe de palavras utilizada para exprimir ações, estados e fenômenos da natureza.

Conjugação verbo to be
“To be’ significa ser ou estar e é fundamental em várias expressões do inglês (Foto: depositphotos)

Eu vou precisar de um verbo, seja em inglês ou português para dizer:

Ele é filho único – He is an only child.
Eu estou doente – I am sick.
Está chovendo – It is raining.

Muitas vezes esses verbos se dividem em verbos regulares e verbos irregulares.

Na língua inglesa, nós dizemos que um verbo é irregular quando ele tem formas de conjugação nos tempos passados que fogem do padrão de acréscimo de “ED” dos verbos regulares.

Embora diferenciados do padrão, esses verbos irregulares podem ter a mesma forma no past simple e no past participle. Mas também podem ter uma forma própria para cada um dos tempos.

Um exemplo do primeiro caso é o verbo TO HAVE (infinitive) / HAD (past simple) / HAD (past participle).

Do segundo caso, um dos exemplos mais ilustrativos é o objeto de estudo desse texto, o próprio verbo TO BE (infinitive) / WAS (past simple) / BEEN (past participle).

O que é verbo to be?

O verbo to be pode ser utilizado como verbo principal nas frases, estejam elas no presente, no passado ou no futuro. Para nós, falantes da língua portuguesa, ele ganhará o sentido de ser ou estar.

Individualmente considerado, o verbo to be pode ser conjugado em qualquer tempo verbal. Além disso, ele pode ser tanto o verbo principal nas conjugações mais simples, ou a figura de verbo principal somada à de auxiliar.

Começando pelas figuras verbais mais simples, analisaremos como se conjuga o verbo to be nas suas formas afirmativa, negativa e interrogativa. Além das apresentações de presente, passado e futuro desse verbo.  Veja as tabelas abaixo:

Verbo to be no presente (PRESENT SIMPLE):

AFFIRMATIVENEGATIVEINTERROGATIVE
I AM – I’MI AM NOT – I’M NOTAM I?
YOU ARE – YOU’REYOU ARE NOT – YOU AREN’TARE YOU?
HE IS – HE’SHE IS NOT – HE ISN’TIS HE?
SHE IS – SHE’SSHE IS NOT – SHE ISN’TIS SHE?
IT IS – IT’SIT IS NOT – IT ISN’TIS IT?
THEY ARE – THEY’RETHEY ARE NOT – THEY AREN’TARE THEY?
WE ARE – WE’REWE ARE NOT – WE AREN’TARE WE?

Verbo to be no passado (PAST SIMPLE):

AFFIRMATIVENEGATIVEINTERROGATIVE
I WASI WAS NOT – I WASN’TWAS I?
YOU WEREYOU WERE NOT – YOU WEREN’TWERE YOU?
HE WASHE WAS NOT – HE WASN’TWAS HE?
SHE WASSHE WAS NOT – SHE WASN’TWAS SHE?
IT WASIT WAS NOT – IT WASN’TWAS IT?
THEY WERETHEY WERE NOT – THEY WEREN’TWERE THEY?
WE WEREWE WERE NOT – WE WEREN’TWERE WE?

Verbo to be no futuro (FUTURE SIMPLE):

AFFIRMATIVENEGATIVEINTERROGATIVE
I WILL BE – I’LL BEI WILL NOT BE – I WON’T BEWILL I BE?
YOU WILL BE – YOU’LL BEYOU WILL NOT BE – YOU WON’T BEWILL YOU BE?
HE WILL BE – HE’LL BEHE WILL NOT BE – HE WON’T BEWILL HE BE?
SHE WILL BE – SHE’LL BESHE WILL NOT BE – SHE WON’T BEWILL SHE BE?
IT WILL BE – IT’LL BEIT WILL NOT BE – IT WON’T BEWILL IT BE?
THEY WILL BE – THEY’LL BETHEY WILL NOT BE – THEY WON’T BEWILL THEY BE?
WE WILL BE – WE’LL BEWE WILL NOT BE – WE WON’T BEWILL WE BE?

Verbo to be como verbo auxiliar

Porém, nos tempos verbais como present continuous, past continuous, present perfect continuous, past perfect continuous, future continuous e future perfect continuous, o verbo TO BE ganhará a função de verbo auxiliar.

Com isso, vai ajudar na formação do período verbal. No entanto, não vai ter um significado próprio dentro das construções que se façam com ele.

Quando usado como auxiliar, o verbo to be pode gerar algumas dúvidas. Por isso, é importante saber que quando ele for usado em uma mesma frase como principal e auxiliar, ele precisa ser repetido.

Observe como ele se conjuga nesses tempos:

Verbo to be no PRESENT CONTINUOUS

Neste tempo verbal, a exigência do auxiliar é que ele esteja sempre no tempo presente, pois é o momento em que o fato ocorre (AM/IS/ARE). Enquanto que o verbo principal estará na forma contínua, com o final de ING (BEING).

Um exemplo de frase que você poderá utilizar com esse tempo verbal específico é: HE IS BEING IMMATURE (Ele está sendo imaturo).

Observe, na adequação afirmativa, como o verbo TO BE é conjugado nesse tempo:

I am being
You are being
He is being
She is being
It is being
We are being
They are being

Verbo to be no PAST CONTINUOUS

Neste tempo verbal, a exigência do auxiliar é que ele esteja sempre em sua forma adequada ao passado simples, pois é o período em que o fato ocorreu (WAS/WERE).

Enquanto isso, o verbo principal estará na sua forma contínua, com o final de ING (BEING).

Um exemplo de frase que você poderá utilizar com esse tempo verbal específico é: YOU WERE BEING SELFISH (Você estava sendo egoísta).

Observe, no modo afirmativo, como o verbo to be é conjugado nesse tempo:

I was being
You were being
He was being
She was being
It was being
We were being
They were being

Verbo to be no FUTURE CONTINUOUS

Neste tempo verbal, a exigência do auxiliar é que ele vai se mostrar com a aplicação dada ao futuro simples, pois é o tempo em que o fato ocorrerá (WILL BE).

Enquanto que o verbo principal estará na forma contínua, com o final de ING (BEING).

Um exemplo de frase que você poderá utilizar com esse tempo verbal específico é: SHE WILL BE BEING A LIAR (Ela estará sendo uma mentirosa).

Observe como se dará a conjugação verbal dentro desse tempo:

I will be being
You will be being
He will be being
She will be being
It will be being
We will be being
They will be being

Verbo to be no PRESENT PERFECT CONTINUOUS

O ponto marcante na formação do present perfect continuous é que o verbo to be será o segundo auxiliar necessário . Isso porque, os “perfect tenses” já trazem o verbo to have como seu primeiro auxiliar obrigatório.

Assim, para os “perfect continuous tenses” serão necessários dois auxiliares, no caso do present perfect continuous. Ficando assim:

SUJEITO + HAVE ou HAS + BEEN (verbo to be no past participle)

Além disso, serão complementados pela forma com ING do verbo principal para a correta conjugação ou montagem de frases nesse tempo.

Um exemplo de frase que pode ser utilizada nessa construção é: I HAVE BEEN BEING RESTLESS (Eu tenho estado inquieto).

Observe a conjugação completa do verbo to benesse tempo verbal que também o traz como auxiliar:

I have been being
You have been being
He has been being
She  has been being
It has been being
We have been being
They have been being

Verbo TO BE no PAST PERFECT CONTINUOUS

Assim como no present perfect continuous, o verbo to be será o segundo auxiliar necessário também no past perfect continuous.

Isso porque, o primeiro auxiliar trazido é o verbo to have no passado, que é a forma adequada para os “past perfect tenses”.

E, como no primeiro exemplo, a forma do verbo to be necessária como auxiliar aqui será o past participle. Confira:

SUJEITO + HAD + BEEN (verbo to be no past participle)

Há ainda o complemento com o verbo principal pela forma com ING, para a correta conjugação ou montagem de frases nesse tempo.

Um exemplo de frase que pode ser utilizada nessa construção é: HE HAD BEEN BEING UNFAIR (Ele esteve sendo injusto).

Nesse tempo verbal, a conjugação do verbo TO BE se dá da seguinte forma:

I had been being
You had been being
He had been being
She had been being
It had been being
We had been being
They had been being

Verbo to be no FUTURE PERFECT CONTINUOUS

Assim como nos tempos verbais anteriormente vistos, o future perfect continuous traz o verbo to be como seu segundo auxiliar.

Nesses casos, a forma padrão que os “future perfect tenses” trazem para a formação de suas conjugações e a montagem de suas frases é: WILL HAVE.

Logo, para esse tempo verbal a montagem da conjugação se dará na forma:

SUJEITO + WILL HAVE + BEEN (verbo to be no past participle)

Unindo-se a isso, o verbo principal da frase com o acréscimo de ING ao final. Quando o to be é o verbo principal da frase a conjugação dela se dará da seguinte forma:

I will have been being
You will have been being
He will have been being
She will have been being
It will have been being
We will have been being
They will have been being

Um exemplo de frase que você pode criar dentro dessa conjugação temporal é: THEY WILL HAVE BEEN BEING UNGRATEFUL IF THEY DIDN’T RECOGNIZE THEIR FATHER’S EFFORTS (Eles terão sido ingratos se não reconheceram os esforços de seu pai).

Com essas dicas em mente e a demonstração de todos os usos adequados envolvendo o verbo TO BE, os tabus com esse verbo podem estar sendo quebrados.

Além disso, a prática constante dele não será mais objeto de dúvidas ou erros. Por isso, treine bastante, não só esse, mas todos os conteúdos. Quando menos esperar você terá conseguido o nível desejado no inglês.

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.

Números em inglês

Um dos primeiros assuntos que a gente aprende são os números em inglês, e eles acabam sendo bastante importantes para a comunicação.

Isso porque, seja para expressar preços, quantidades ou outros detalhes cotidianos, eles estão sempre presentes na nossa vida e no nosso dia a dia.

Uma das primeiras observações que precisam ser feitas quando nós vamos estudar os números em inglês, é que, em relação ao português a ideia de numeral não traz variação de gênero.

Por exemplo, em português, nós dizemos: “Eu tenho dois irmãos” e “eu tenho duas irmãs”, mudando o numeral de acordo com o gênero a que nos referimos. Em inglês, essa variação não existe.

Eu diria em inglês: “I have two brothers” e “I have two sisters”. Mudando em gênero apenas o substantivo que necessito para que minha frase faça sentido, brother (para irmão) e sister (para irmã).

Dito isso, passemos aos numerais, em si, em inglês:

Números cardinais em inglês

Os números cardinais de 1 a 100 em inglês estarão organizados em uma lista abaixo, com seu nome por extenso para ajudar você a aprender, de vez, esse tema.

Números coloridos
Os números cardinais estão presentes no nosso cotidiano (Foto: depositphotos)

Do número um até o número doze, em inglês, cada um deles vai ter um nome próprio, observe:

1 – one
2 – two
3 – three
4 – four
5 – five
6 – six
7 – seven
8 – eight
9 – nine
10 – ten
11 – eleven
12 – twelve

Do 13 ao 19

Do número 13 ao 19 todos os números terão o sufixo (parte final da palavra) TEEN e o prefixo (primeira parte da palavra) adaptado de sua primeira nomenclatura:

13 – thirteen
14 – fourteen
15 – fifteen
16 – sixteen
17 – seventeen
18 – eighteen
19 – nineteen

A partir do 20

A partir do número 20, os números em inglês terão apenas nomenclaturas diferentes a cada dezena. Com alterações de unidade sendo expressas com um hífen e o nome da unidade em si, como você poderá observar abaixo:

20 – twenty
21 – twenty-one
22 – twenty-two
23 – twenty-three
24 – twenty-four
25 – twenty-five
26 – twenty-six
27 – twenty-seven
28 – twenty-eight
29 – twenty-nine
30 – thirty
31 – thirty-one
32 – thirty-two
33 – thirty-three
34 – thirty-four
35 – thirty-five
36 – thirty-six
37 – thirty-seven
38 – thirty-eight
39 – thirty-nine
40 – forty
41 – forty-one
42 – forty-two
43 – forty-three
44 – forty-four
45 – forty-five
46 – forty-six
47 – forty-seven
48 – forty-eight
49 – forty-nine
50 – fifty
51 – fifty-one
52 – fifty-two
53 – fifty-three
54 – fifty-four
55 – fifty-five
56 – fifty-six
57 – fifty-seven
58 – fifty-eight
59 – fifty-nine
60 – sixty
61 – sixty-one
62 – sixty-two
63 – sixty-three
64 – sixty-four
65 – sixty-five
66 – sixty-six
67 – sixty-seven
68 – sixty-eight
69 – sixty-nine
70 – seventy
71 – seventy-one
72 – seventy-two
73 – seventy-three
74 – seventy-four
75 – seventy-five
76 – seventy-six
77 – seventy-seven
78 – seventy-eight
79 – seventy-nine
80 – eighty
81 – eighty-one
82 – eighty-two
83 – eighty-three
84 – eighty-four
85 – eighty-five
86 – eighty-six
87 – eighty-seven
88 – eighty-eight
89 – eighty-nine
90 – ninety
91- ninety-one
92 – ninety-two
93 – ninety-three
94 – ninety-four
95 – ninety-five
96 – ninety-six
97 – ninety-seven
98 – ninety-eight
99 – ninety-nine
100 – one hundred

Como se fala 100 em inglês?

A pronúncia da palavra cem, em inglês, é “one hundred” (hundred, para nós nativos de língua portuguesa, soa como: rãndrêd). O início da palavra traz um som aberto e o seu final traz um som um pouco mais fechado.

É uma palavra dissílaba, portanto, em inglês ela deve ser pronunciada com atenção a apenas os dois fonemas que a formam: hun-dred.

HUNDRED, é a palavra que será utilizada não só para falar sobre cem. Mas, sobre todas as demais centenas em inglês. Por isso:

100 – one hundred
200 – two hundred
300 – three hundred
400 – four hundred
500 – five hundred
600 – six hundred
700 – seven hundred
800 – eight hundred
900 – nine hundred

Números em inglês de 100 a 1.000

Todos os números em inglês de 100 a 1000 seguirão o mesmo padrão que você verá abaixo em uma lista que te levará de 100 à 200, você precisará apenas trocar o nome da centena para adaptar ao que você queira falar.

Observe:

110 – one hundred ten
210 – two hundred ten
310 – three hundred ten
410 – four hundred ten
510 – five hundred ten
610 – six hundred ten
710 – seven hundred ten
810 – eight hundred ten
910 – nine hundred ten

Observe como você pode nomear da primeira unidade até a unidade 99 de uma centena abaixo:

101 – one hundred one
102 – one hundred two
103 – one hundred three
104 – one hundred four
105 – one hundred five
106 – one hundred six
107 – one hundred seven
108 – one hundred eight
109 – one hundred nine
110 – one hundred ten
111 – one hundred eleven
112 – one hundred twelve
113 – one hundred thirteen
114 – one hundred foruteen
115 – one hundred fifteen
116 – one hundred sixteen
117 – one hundred seventeen
118 – one hundred eighteen
119 – one hundred nineteen
120 – one hundred twenty
121 – one hundred twenty-one
122 – one hundred twenty-two
123 – one hundred twenty-three
124 – one hundred twenty-four
125 – one hundred twenty-five
126 – one hundred twenty-six
127 – one hundred twenty-seven
128 – one hundred twenty-eight
129 – one hundred twenty-nine
130 – one hundred thirty
131 – one hundred thirty-one
132 – one hundred thirty-two
133 – one hundred thirty-three
134 – one hundred thirty-four
135 – one hundred thirty-five
136 – one hundred thirty-six
137 – one hundred thirty-seven
138 – one hundred thirty-eight
139 – one hundred thirty-nine
140 – one hundred forty
141 – one hundred forty-one
142 – one hundred forty-two
143 – one hundred forty-three
144 – one hundred forty-four
145 – one hundred forty-five
146 – one hundred forty-six
147 – one hundred forty-seven
148 – one hundred forty-eight
149 – one hundred forty-nine
150 – one hundred fifty

151 – one hundred fifty-one
152 – one hundred fifty-two
153 – one hundred fifty-three
154 – one hundred fifty-four
155 – one hundred fifty-five
156 – one hundred fifty-six
157 – one hundred fifty-seven
158 – one hundred fifty-eight
159 – one hundred fifty-nine
160 – one hundred sixty
161 – one hundred sixty-one
162 – one hundred sixty-two
163 – one hundred sixty-three
164 – one hundred sixty-four
165 – one hundred sixty-five
166 – one hundred sixty-six
167 – one hundred sixty-seven
168 – one hundred sixty-eight
169 – one hundred sixty-nine
170 – one hundred seventy
171 – one hundred seventy-one
172 – one hundred seventy-two
173 – one hundred seventy-three
174 – one hundred seventy-four
175 – one hundred seventy-five
176 – one hundred seventy-six
177 – one hundred seventy-seven
178 – one hundred seventy-eight
179 – one hundred seventy-nine
180 – one hundred eighty
181 – one hundred eighty-one
182 – one hundred eighty-two
183 – one hundred eighty-three
184 – one hundred eighty-four
185 – one hundred eighty-five
186 – one hundred eighty-six
187 – one hundred eighty-seven
188 – one hundred eighty-eight
189 – one hundred eighty-nine
190 – one hundred ninety
191 – one hundred ninety-one
192 – one hundred ninety-two
193 – one hundred ninety-three
194 – one hundred ninety-four
195 – one hundred ninety-five
196 – one hundred ninety-six
197 – one hundred ninety-seven
198 – one hundred ninety-eight
199 – one hundred ninety-nine
200 – two hundred.

Como dito anteriormente, para variações de centena, você poderá seguir esse padrão e adequar o uso para a centena que precisar, ou desejar, que seja usada.

Como se fala 1.000 em inglês?

Para que você possa falar mil em inglês, a palavra que você vai precisar utilizar é: one thousand. Para nós, que somos brasileiros, a palavra THOUSAND tem o som aproximado de: táuzândi.

Para os nativos da língua inglesa, essa é uma palavra também dissílaba e deve ser pronunciada com a ênfase adequada às suas duas sílabas: thou-sand.

Observe que essa é a palavra que será utilizada sempre que precisemos falar sobre as unidades de milhar em inglês, portanto:

Mil – One Thousand
Dois mil – Two Thousand
Três mil – Three Thousand
Quatro mil – Four Thousand
Cinco mil – Five Thousand
Seis mil – Six Thousand
Sete mil – Seven Thousand
Oito mil – Eight Thousand
Nove mil – Nine Thousand

Quando houver a necessidade de falar sobre as unidades de milhar junto à unidades ou centenas, você poderá seguir o seguinte padrão:

2001 – Two thousand and one
2010 – Two thousand and tem
2100 – Two thousand one hundred
2999 – Two thousand, nine hundred and ninety-nine

Entretanto, podendo adequar o modelo de acordo com a sua necessidade, já que anteriormente você viu como se trabalham os números em inglês em cada casa.

Números ordinais em inglês

Para finalizar a nossa imersão no mundo dos números em inglês, você vai aprender com a lista abaixo como conseguir expressar-se em inglês em relação aos números ordinais. Do primeiro até o 100º. Vamos aprender?

Números ordinais
Números ordinais do 1º ao 31º (Foto: depositphotos)

1º – first
2º – second
3º – third
4º – fourth
5º – fifth
6º – sixth
7º – seventh
8º – eighth
9º – ninth
10º – tenth
11º – eleventh
12º – twelfth
13º – thirteenth
14º – fourteenth
15º – fifteenth
16º – sixteenth
17º – seventeenth
18º – eighteenth
19º – nineteenth
20º – twentieth
21º – twenty-first
22º – twenty-second
23º – twenty-third
24º – twenty-fourth
25º – twenty-fifth
26º – twenty-sixth
27º – twenty-seventh
28º – twenty-eighth
29º – twenty-ninth
30º – thirtieth
31º – thirty-first
32º – thirty-second
33º – thirty-third
34º – thirty-fourth
35º – thirty-fifth
36º – thirty-sixth
37º – thirty-seventh
38º – thirty-eighth
39º – thirty-ninth
40º – fortieth
41º – forty-first
42º – forty-second
43º – forty-third
44º – forty-fourth
45º – forty-fifth
46º – forty-sixth
47º – forty-seventh
48º – forty-eighth
49º – forty-ninth
50º – fiftieth

51º – fifty-first
52º – fifty-second
53º – fifty-third
54º – fifty-fourth
55º – fifty-fifth
56º – fifty-sixth
57º – fifty-seventh
58º – fifty-eighth
59º – fifty-ninth
60º – sixtieth
61º – sixty-first
62º – sixty-second
63º – sixty-third
64º – sixty-fourth
65º – sixty-fifth
66º – sixty-sixth
67º – sixty-seventh
68º – sixty-eighth
69º – sixty-ninth
70º – seventieth
71º – seventy-first
72º – seventy-second
73º – seventy-third
74º – seventy-fourth
75º – seventy-fifth
76º – seventy-sixth
77º – seventy-seventh
78º – seventy-eighth
79º – seventy-ninth
80º – eightieth
81º – eighty-first
82º – eighty-second
83º – eighty-third
84º – eighty-fourth
85º – eighty-fifth
86º – eighty-sixth
87º – eighty-seventh
88º – eighty-eighth
89º – eighty-ninth
90º – ninetieth
91º – ninety-first
92º – ninety-second
93º – ninety-third
94º – ninety-fourth
95º – ninety-fifth
96º – ninety-sixth
97º – ninety-seventh
98º – ninety-eighth
99º – ninety-ninth
100º – one hundredth

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.