Preposições em inglês

As preposições em inglês costumam ser um assunto que causa bastante questionamento em quem passa a aprender a língua.

Geralmente, o aluno cria confusões a respeito de qual seria a preposição adequada a ser usada com cada palavra, ou para traduzir no inglês frases que ele pensa em português.

E então, surge a necessidade de pensar em listas, exemplos, regras a respeito de preposições, e tudo parece só aumentar o nó!

No entanto, o assunto é muito mais fácil do que parece e é um daqueles temas onde a partir do momento em que você entende como aplicar e pensar em inglês sobre ele, ficará bastante fácil de aplicar os usos adequados no momento em que precisar da língua.

Uma preposição cumpre a função gramatical de ligar os elementos dentro de uma frase para que ela ganhe sentido. Sendo um dos principais elementos para que as frases existam, pois, sem eles nós teríamos várias palavras soltas.

Portanto, as preposições são bastante importante para uma comunicação mais aproveitável e coesa.

Em inglês, são essas preposições que conectam os substantivos e pronomes nas frases, dando sentido às mesmas. E, a maioria dessas preposições que nós utilizamos no inglês tem sentidos próprios e funções determinadas dentro das frases em que serão colocadas.

Vamos conhecer um pouco mais sobre elas?

Quais são as principais preposições em inglês e o que elas significam?

Abaixo você encontrará uma lista com as principais preposições em inglês e seu significado em português.

Cachorro mostrando preposições
‘On’ e ‘in’ são duas das preposições mais utilizadas na língua inglesa (Foto: depositphotos)

Observe que algumas delas terão mais de um significado, e, você precisará compreender o contexto em que elas se aplicarão para que ganhem um ou outro sentido.

Essas principais preposições do inglês são:

  • In dentro de, em, no, na
  • On – sobre a, em cima de, acima de, em, no, na
  • At – à, em, na, no
  • To – para, a
  • For – para, durante, por.

Vamos entender um pouco como cada uma delas vai funcionar?

In (dentro de, em, no, na)

É uma preposição que vai te ajudar a falar sobre o tempo de uma maneira ampla: seja sobre os meses do ano, as estações, partes do dia etc. Como você poderá observar nas frases:

 – She likes to read books in the evening. – Ela gosta de ler livros à noite.

 – They always travel in summer. – Eles sempre viajam no verão.

I was born  in April. – Eu nasci em abril.

Em relação às partes do dia, a única exceção que nós temos para a preposição é em relação ao termo “night” (noite). Nesse caso, a preposição utilizada deve ser “at”. Observe:

You shouldn’t go out alone at night, the city is dangerous. – Você não deveria sair sozinha à noite, a cidade está perigosa.

Um outro uso que a preposição “in” vai ter é indicar lugares. Esses lugares serão sempre específicos. Podem ser partes de uma casa ou de objetos.

Além disso, podem ser também lugares dentro de uma cidade ou de um país onde alguém ou algo possa ser localizado. E, também, podem tratar de lugares figurados. Como você pode observar abaixo:

I’m going to do an exchange  in Canadá next semester. – Eu vou fazer um intercâmbio no Canadá próximo semestre.

I used to spend my vacations in the country when I was a kid. – Eu costumava passar as férias no interior quando eu era criança.

She’s still with his words stucked  in her mind after their fight. – Ela continua com as palavras dele presas  na mente dela depois da briga deles.

On (sobre a, em cima de, acima de, em, no, na)

O primeiro uso dessa preposição é para indicar o tempo. Mas, diferente da preposição que nós vimos anteriormente,  essa será para um tempo específico.

Como você poderá notar nos exemplos abaixo:

The test will be  on June 20th and he’s already nervous. O teste será 20 de junho e ele já está nervoso.

I couldn’t help eating that much chocolate  on Easter Sunday. – Eu não consegui evitar comer todo aquele chocolate no domingo de páscoa.

Por isso, todos os dias da semana em inglês sempre estarão precedidos nas frases pela preposição “on”, observe:

She goes bowling on Fridays. – Ela joga boliche nas sextas feiras.

 – On Mondays and Wednesdays they have music classes. – Nas segundas e quartas eles têm aulas de música.

 – On Saturday morning she’ll visit her dentist. – Na manhã de sábado ela visitará seu dentista.

Uma outra forma de utilizar o “on” será relacionado à locais também. Porém, diferente da preposição que vimos anteriormente, o uso dessa estará relacionado à uma superfície. Como você pode perceber nos exemplos:

Your father left the money for this week bills on your nightstand. – Seu pai deixou o dinheiro para as contas da semana na sua mesa de cabeceira.

He arrived home so drunk that he’s slept  on the couch. – Ele chegou em casa tão bêbado que dormiu no sofá.

Outro uso para essa preposição é quando nós vamos nos referir à forma como as notícias chegam até nós, principalmente se estivermos falando sobre meios eletrônicos. Como você pode observar nos exemplos abaixo:

I’ve seen  on the news last night that the government is planning to cut financial support to retired people. – Eu vi no noticiário que o governo está planejando cortar suporte financeiro aos aposentados.

She couldn’t buy the concert tickets, so, she was so happy when she heard that’ll be broadcast live on TV. – Ela não conseguiu comprar os ingressos do show, então, ela ficou bastante feliz quando viu que será transmitido ao vivo na televisão.

Outro uso relacionado à lugares da preposição “on” é quando ela vem seguida de nome de ruas e avenidas. Como você pode observar nos exemplos:

There are many burglars on Paulista Avenue. Be careful!– Há muitos assaltantes na Avenida Paulista. Tome cuidado!

I’d like to take a walk on Copacabana Avenue before we go to the airport. – Eu gostaria de dar uma caminhada na Avenida Copacabana antes de irmos para o aeroporto.

Porém, se você for incluir o número exato referente ao endereço, a preposição que você vai usar deverá ser “at”. Como no exemplo a seguir:

Our hotel is at 1702, Atlântica Avenue. – Nosso hotel é no número 1702, Avenida Atlântica.

At (à, em, na, no)

Essa vai ser a preposição que você utilizará quando for se referir aos horários, como você poderá ver nos exemplos:

I can never wake up at noom during the week – Eu nunca posso acordar ao meio dia durante a semana.

She usually get up at sunrise and does some yoga.  – Ela geralmente levanta ao amanhecer do dia e faz ioga.

Outra forma de utilização dessa preposição é quando sua intenção for referir-se à locais específicos. Nesses casos, a preposição geralmente vai vir acompanhada do artigo “the”, que individualiza o substantivo sobre o qual eu falo.

Como os exemplos abaixo demonstrarão:

She is at the mall since she left from the work. – Ela está no shopping desde que ela saiu do trabalho.

Last night we met at the movies and it was really cool. – Ontem nos encontramos no cinema e foi muito legal.

Are you going to wait me at the bar or at home? – Você vai me esperar no bar ou em casa?

To (para, a)

É uma preposição que poderá ser utilizada quando eu precisar me referir a um movimento, à posição de algo, ao destino ou à direção. Como você pode notar nos exemplos abaixo:

Why don’t we go to somewhere private? – Por que nós não vamos à um lugar mais calmo?

Have you ever been to Europe? – Você já esteve na Europa?

It takes three hours to go to São Paulo from Recife by plane. – Leva três horas para ir à São Paulo de Recife de avião.

Também vai ser a preposição perfeita para você indicar o tempo no sentido de demarcar o início de um período e o final do mesmo.

Veja como isso acontece em alguns exemplos:

The Vietnam War lasted from 1955 to 1975. – A Guerra do Vietnã durou de 1955 à 1975.

I’ve been out of the city Monday to Friday last week. – Estive fora da cidade de segunda à sexta na semana passada.

É também a preposição que você vai utilizar para indicar distância física ou temporal entre dois pontos.

Por se tratar de uma comparação entre os pontos, normalmente essa estrutura necessitará também da preposição “from”. Como você pode perceber aqui:

There have been six years  from the day we’ve met to when we’ve broken up. – Passaram-se seis anos do dia que nos conhecemos até o dia em que terminamos.

It’s a little far from my house to the beach. – É um pouco longe da minha casa para a praia.

Será “to” também a preposição que você utilizará quando precisar fazer a comparação entre duas coisas. Conforme mostram os exemplos:

I’d rather be with my family to be at some party with strangers on New Year’s Eve. – Eu preferiria estar com minha família que em uma festa com estranhos na véspera de Ano Novo.

I prefer working out in the mornings to in the afternoom. – Eu prefiro me exercitar pela manhã do que a tarde.

Por fim, quando essa preposição é seguida de um verbo, ela geralmente servirá para indicar um propósito pelo qual algo acontece. Como você vai ver nas frases abaixo:

He stopped the car to help an old lady crossing the street. – Ele parou o carro para ajudar uma senhora a atravessar a rua.

She went out from the bar to say hello to her ex-boyfriend and didn’t come back. – Ela saiu do bar para cumprimentar o ex-namorado e não voltou.

For (para, durante, por)

Será a preposição para indicar o uso de determinado objeto, de maneira exemplificativa. Como você poderá notar nos exemplos:

A computer is required for developing all the projects in this company. – Um computador é necessário para desenvolver todos os projetos nessa empresa.

Beer has been used for giving people courage for ages. – Cerveja tem sido usado para dar coragem às pessoas há tempos.

Um segundo uso se dá em relação a duração no tempo de uma determinada atividade ou acontecimento. Conforme os exemplos:

I’ve been studying English for so long. – Eu tenho estudado inglês há tanto tempo.

We’ve been friends for fourteen years. – Nós temos sido amigos há quatorze anos.

O benefício que determinada coisa ou atividade pode trazer também pode ser indicado nas frases com a preposição for, conforme os exemplos abaixo podem lhe mostrar:

These clothes fabrics’ are good for exercizing. – Os tecidos dessas roupas são bons para fazer exercícios.

Drinking water can make miracles for your skin. – Beber água pode fazer milagres por sua pele.

Também servem para indicar o objetivo ou propósito de algo, mas diferente do que acontece com o “to”, não será seguido por um verbo quando cumprir essa função, e sim por um substantivo. Como você pode observar aqui:

These clothes are only for the summer. – Essas roupas são apenas para o verão.

Half price is only  for students. – Meia entrada é apenas para alunos.

Preposições de tempo em inglês

Existem, em inglês, algumas preposições que ganham um significado específico quando estão se referindo ao tempo.

Portanto, entende-las pode ser bastante útil no momento em que você precisar expressar ideias de cronologia de acontecimentos ou mesmo a ordem que algo deverá acontecer.

Abaixo elas estarão listadas e entre as mesmas você terá alguns exemplos referentes à maneira adequada de utilizar-se de cada uma.

Essas preposições são:

  • After: após, depois de

She started crying after talking to him. – Ela começou a chorar depois de falar com ele.

We’ll go to the mall after class. – Vamos ao shopping após a aula.

  • Before: antes de

The news are on tv before the soap opera. – O jornal passa na televisão antes da novela.

Wish you’ve done the dishes before you’ve taken a shower. – Queria que você tivesse lavado os pratos antes de tomar banho.

  • For: por, há

She’s been married  for ten years. – Ela está casada há dez anos.

We haven’t been talking for a month. – Nós não temos conversado há um mês.

  • From: deTo: à

My grandparents stayed at our place from Christmas to New Year’s last year. – Meus avós ficaram em nossa casa do Natal ao Ano Novo ano passado.

She told me I could borrow her beach house from tomorrow to the weekend. – Ela disse que posso pegar emprestada sua casa de praia de amanhã até o fim de semana.

  • During: durante

I’m trying to sleep earlier during the week. – Estou tentando dormir mais cedo durante a semana.

It’s not dangerous going out alone during the day. – Não é perigoso sair sozinho durante o dia.

  • Until/ ‘til: até

Please, don’t bother me ‘til the end of the movie. – Por favor, não me incomode até o fim do filme.

I promise I’ll contact him until tomorrow and give you some ansewers. – Eu prometo que vou entrar em contato com ele até amanhã e te dar algumas respostas.

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.

Verbos em inglês: lista com os mais usados e tradução

Os verbos em inglês se tornam essenciais na hora de estudar a língua, porque são uma das classes gramaticais que nós mais utilizamos em nossa vida cotidiana.

Verbos são as palavras que nos ajudam a montar orações, porque expressam ações, estados ou fenômenos da natureza. A maioria dos textos e frases que temos contato ou que construímos em nosso dia a dia estão cheias de verbos em suas construções.

Eles são essenciais para que a gente consiga dizer o que estamos fazendo, sentindo, pensando, e, por isso eles se constroem em diversos tempos e modos verbais.

Seja em qual for a língua, precisamos comunicar coisas que já aconteceram, coisas que estão acontecendo, que acontecem com frequência e que vão acontecer.

Esse texto vai te ensinar como os verbos funcionam em inglês e em que tempos eles são utilizados. Vamos aprender?

Verbos irregulares em inglês

Vamos começar a estudar os verbos em inglês na parte que eles costumam causar mais dúvidas de aplicação: os verbos irregulares em inglês.

Lista de verbos em inglês
Infinitive, past simple e past participle são três conjugações fixas dos verbos em inglês (Foto: depositphotos)

O que torna um verbo irregular em inglês é sua forma de conjugar-se no passado. Obrigatoriamente, todos os verbos em inglês vão ter três conjugações fixas, que são: infinitive (infinitivo) / past simple (passado simples) / past participle (particípio passado).

Nos verbos irregulares a forma de um verbo é uma no infinitivo, e ele foge à regra que é constantemente dita nas escolas e cursinhos de línguas, de que basta acrescentar uma ou duas letras para que o verbo fique no passado em inglês.

Com esses verbos, cada um deles tem uma forma diferente do verbo no particípio principal que não segue um padrão, alguns são via acréscimo, outras mudam a palavra, outras trazem decréscimo de letras ou sílabas.

Por tudo isso, eles criam algumas dúvidas em quem está aprendendo inglês, porque eles não seguem um padrão lógico. E muitos professores costumam passar listas de verbos irregulares em inglês para que os alunos “decorem”.

Observe essa pequena lista de verbos irregulares em inglês:

INFINITIVEPAST SIMPLEPAST PARTICIPLEPORTUGUÊS
To buyBoughtBoughtComprar
To bringBroughtBroughtTrazer
To haveHadHadPossuir, ter.
To keepKeptKeptManter, guardar.
To meetMetMetConhecer, encontrar.

Fora esses verbos irregulares, onde nós temos apenas a mudança de forma em relação ao verbo no infinitivo, temos também verbos irregulares em inglês que são um pouco mais desafiadores.

Isso porque, eles apresentam uma forma no infinitivo, uma no passado simples, e, outra diferente no particípio passado. Como ocorre na lista de verbos irregulares em inglês aqui embaixo:

INFINITIVEPAST SIMPLEPAST PARTICIPLEPORTUGUÊS
To doDidDoneFazer
To goWentGoneIr
To writeWroteWrittenEscrever
To speakSpokeSpokenFalar, dizer
To beWasBeenSer, estar

A diferença principal dos verbos em inglês serem regulares ou irregulares estará na forma que você vai utilizar os verbos em frases no passado, ou simplesmente, em conjugações passadas.

Nos tempos em que o verbo é utilizado em sua forma infinitiva, sem o TO (geralmente quando se fazem necessários verbos auxiliares), não haverá diferença na conjugação ou aplicação, sejam os verbos regulares ou irregulares.

Verbos regulares em inglês

Os verbos regulares em inglês acabam não causando tanta estranheza               porque eles parecem ser muito mais simples de serem compreendidos por quem está começando a estudar inglês ou mesmo quem estuda a mais tempo.

Para esses verbos, a simplicidade reside no fato de que tanto a forma simples do verbo no passado quando o passado particípio sempre terão a mesma conjugação.

Na verdade, essa conjugação se dará com o acréscimo de “D” no final da forma infinitiva do verbo ou de “ED”.

Observe a lista de verbos regulares em inglês abaixo e perceba como isso se dá:

INFINITIVEPAST SIMPLEPAST PARTICIPLEPORTUGUÊS
To CryCriedCriedChorar
To ChangeChangedChangedMudar, trocar
To CloseClosedClosedFechar
To AgreeAgreedAgreedConcordar
To CallCalledCalledLigar, chamar, telefonar
To LoveLovedLovedAmar, adorar
To LikeLikedLikedGostar
To EnjoyEnjoyedEnjoyedDivertir-se, apreciar
To FearFearedFearedTemer
To HateHatedHatedDetestar

Tempos verbais em inglês

Como em qualquer outra língua, os tempos verbais básicos do inglês vão se dividir em: present, past, future.

Present (presente)

Tempo verbal utilizado para falar sobre ações ou estados que estejam acontecendo ou que aconteçam com frequência, por isso se tornam rotineiros.

Também pode ser aplicado à algumas situações que já aconteceram mas ainda não se encerraram ou guardam alguma relação com o agora.

Essa última função do presente, que é mais comum em inglês, refere-se aos tempos que conhecemos como “perfect” e “perfect continuous”.

Algumas pessoas quando estão estudando inglês, por não conseguirem fazer uma relação imediata com o que seria esse tempo em português, acabam por achá-lo confuso ou mesmo difícil, mas isso é algo que pode ser desmistificado.

Logo, o presente em inglês se divide em: present simple, present continuous, present perfect, present perfect continuous.

Past (passado)

Será o tempo que nos serve de referência para falar sobre ações que já aconteceram.

Elas podem ter acontecido e se finalizado imediatamente, acontecido e perdurado por algum tempo, ou mesmo, acontecido antes de uma outra ação que também já está no passado.

Por isso, em inglês, o passado vai se dividir em: past simple, past continuous, past perfect e past perfect continuous, para que todos os acontecimentos passados sejam corretamente narrados, tenha a ordem cronológica ou seu tempo de duração seja o foco na frase.

Future (futuro)

Esse é o tempo verbal que vai nos ajudar a definir o que está para acontecer ou o que está por vir em frases e textos.

Esse acontecimento futuro pode ser algo que irá vir e se encerrar ou perdurar por tempo indeterminado, ou, algo que perdurará por um tempo mas tem previsão de fim.

O futuro em inglês vai se dividir em: future simple, future continuous, future perfect, future perfect continuous.

No entanto, esse último tempo verbal tem entre suas funções principais a de utilizar a idealização de coisas no presente que terão acontecido no futuro.

Verbos no passado em inglês

Na hora de conjugar os verbos no passado em inglês, muitas pessoas que estão aprendendo a língua se confundem ou acabam por achar que a tarefa pode ser mais difícil do que ela de fato é.

Utilizando as nossas listas de verbos em inglês, tanto dos regulares quanto dos irregulares, juntos nós vamos conjugar os verbos em inglês no passado em todos os tempos verbais que ele pode apresentar e nos três modos de conjugação: affirmative/ negative/ interrogative.

Comecemos com o exemplo do verbo regular “to watch” (assistir) na afirmativa. Observe com os sujeitos como ele se comporta ao ser conjugado no passado:

PAST SIMPLEPAST PERFECTPAST CONTINUOUSPAST PERFECT CONTINUOUS
IWATCHEDHAVE WATCHEDWAS WATCHINGHAVE BEEN WATCHING
YOU / WE / THEYWATCHEDHAVE WATCHEDWERE WATCHINGHAVE BEEN WATCHING
HE / SHE / ITWATCHEDHAS WATCHEDWAS WATCHINGHAS BEEN WATCHING

Esse mesmo verbo, na negativa, é conjugado dessa maneira:

PAST SIMPLEPAST PERFECTPAST CONTINUOUSPAST PERFECT CONTINUOUS
IDIDN’T WATCHHAVE NOT WATCHEDWAS NOT WATCHINGHAVE NOT  BEEN WATCHING
YOU / WE / THEYDIDN’T WATCHHAVE NOT WATCHEDWERE NOT WATCHINGHAVE NOT BEEN WATCHING
HE / SHE / ITDIDN’T WATCHHAS NOT WATCHEDWAS NOT WATCHINGHAS NOT BEEN WATCHING

E, na interrogativa, é assim que esse verbo será conjugado:

PAST SIMPLEDID I WATCH?DID (YOU/ WE / THEY) WATCH?DID (HE / SHE / IT) WATCH?
PAST PERFECTHAVE I WATCHED?HAVE (YOU/WE/THEY) WATCHED?HAS (HE/SHE/IT) WATCHED?
PAST CONTINUOUSWAS I WATCHINGWERE (YOU / WE / THEY) WATCHING?WAS (HE/SHE/IT) WATCHING?
PAST PERFECT CONTINUOUSHAVE I BEEN WATCHING?HAVE (YOU / WE / THEY) BEEN WATCHING?HAS (HE/ SHE/ IT) BEEN WATCHING?

Como a maioria das pessoas ao aprender inglês tem a tendência de achar que é mais fácil conjugar os verbos regulares que os irregulares no passado, vamos fazer o mesmo exercício usando um verbo irregular bastante comum agora: “to be” (ser, estar)

PAST SIMPLEPAST PERFECTPAST CONTINUOUSPAST PERFECT CONTINUOUS
IWASHAVE BEENWAS BEINGHAVE BEEN BEING
YOU / WE / THEYWEREHAVE BEENWERE BEINGHAVE BEEN BEING
HE / SHE / ITWASHAS BEENWAS BEINGHAS BEEN BEING

No modo verbal negativo e passado, o verbo “to be” é conjugado dessa maneira:

PAST SIMPLEPAST PERFECTPAST CONTINUOUSPAST PERFECT CONTINUOUS
IWAS NOTHAVE NOT BEENWAS NOT BEINGHAVE NOT  BEEN BEING
YOU / WE / THEYWERE NOTHAVE NOT BEENWERE NOT BEINGHAVE NOT BEEN BEING
HE / SHE / ITWAS NOTHAS NOT BEENWAS NOT BEINGHAS NOT BEEN BEING

Para finalizar, na interrogativa, é assim que esse verbo deverá ser conjugado:

PAST SIMPLEWAS I?WERE (YOU/ WE / THEY)?WAS (HE / SHE / IT)?
PAST PERFECTHAVE I BEEN?HAVE (YOU/WE/THEY) BEEN?HAS (HE/SHE/IT) BEEN?
PAST CONTINUOUSWAS I BEING?WERE (YOU / WE / THEY) BEING?WAS (HE/SHE/IT) BEING?
PAST PERFECT CONTINUOUSHAVE I BEEN BEING?HAVE (YOU / WE / THEY) BEEN BEING?HAS (HE/ SHE/ IT) BEEN BEING?

Conjugações verbais: pontos importantes

Existem algumas observações comuns a todos os tempos verbais de acordo com o modo verbal que podem ser observadas quando o aprendiz precisa conjugar os verbos em qualquer que seja o tempo:

  • No modo verbal simple, o verbo é utilizado sozinho junto a pessoa de acordo com o tempo em que se aplica na frase, se no presente ou no passado. Para o futuro, sempre estará acompanhado do “will” que é o verbo auxiliar indicativo desse tempo
  • No modo verbal continuous, todos os verbos principais se apresentam com o sufixo “ing”. Trazem também a necessidade do verbo “to be”para dar a ideia de continuidade da ação que esse modo verbal se propõe
  • No modo verbal perfect, o auxiliar have é sempre utilizado: sozinho no presente, em sua forma passada (had) e junto do auxiliar “will” para o futuro
  • E, no modo verbal perfect continuous o have se faz presente junto do verbo to be” em seu past participle. 

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.

Quando usar That ou This em inglês?

Quando usar “That” ou “This” em inglês acaba sendo uma dúvida bastante comum das pessoas que tentam iniciar o aprendizado do idioma.

São expressões bastante comuns da língua inglesa, e por isso, acabam tendo uma importância grande na comunicabilidade de língua. Mas, por serem simples acabam nem sempre tendo uma explicação bem aprofundada de como elas funcionam de fato.

Em realidade, “That” e “This” são o que chamamos em português de pronomes demonstrativos. E, na língua inglesa, os pronomes demonstrativos diferenciam-se um pouco da forma de aplicação que nós conhecemos em português, apesar de semanticamente guardarem a mesma finalidade.

Tanto em inglês quanto em português eles são as palavras que nos servem para indicar e demonstrar o substantivo a que se refere a frase antes mesmo de qualifica-lo.

Em português, os pronomes demonstrativos sofrem alteração em gênero, número e proximidade. No inglês, os pronomes demonstrativos sofrem alterações apenas em número e proximidade, sendo mais prática a determinação de quando utilizar-se de cada um deles de maneira acertada.

‘This’ e ‘That’: tradução

Enquanto pronomes demonstrativos, THIS e THAT tem, para o português as seguintes traduções:

ThisEste, esta, isto
ThatEsse, essa, isso, aquele, aquela, aquilo

E, cada um deles terá uma função própria que juntos passaremos a entender nos próximos tópicos.

THIS: qual a sua finalidade?

Sempre que você estiver diante da necessidade de demonstrar algo no singular e que esteja próximo de você, seja fisicamente ou seja temporalmente, THIS será o pronome demonstrativo a ser escolhido.

Observe em alguns exemplos como esse pronome é acertadamente utilizado em frases:

THIS skirt is so stylish. – Esta saia é tão estilosa;- THIS is so ugly. – Isto é tão feio.

– THIS shoe is so old-fashioned that looks like your grandfather’s. – Esse sapato é tão fora de moda que parece ser do seu avô.

– THIS weather is boiling hot. – Esse clima (referente à temperatura ambiente) está fervendo.

– THIS movie was my favorite during my entire childhood. – Esse filme foi meu favorito durante toda minha infância.

– THIS is the best gym in the city, I’m sure they’ll help me get in shape. – Essa é a melhor academia da cidade, eu tenho certeza que eles vão me ajudar entrar em forma.

Are you sure she’s going to change jobs THIS week? – Você tem certeza que ela vai mudar de trabalho esta semana?

– Have you ever tried THIS dessert before? – Você já experimentou essa sobremesa?

– THIS will happen over and over again ‘til you realize your relationship’s not a good choice for you. – Isto acontecerá repetidamente até você se tocar que seu relacionamento não é uma boa escolha pra você. (Tradução livre)

THAT: como e quando usar?

Também se utilizará de THAT o falante da língua inglesa que estiver diante de singularidade, porém, esta singularidade não estará próxima do interlocutor, seja em tempo ou seja em espaço.

Por isso, ele será o pronome demonstrativo escolhido quando a intenção for dizer, por exemplo:

– THAT choice was very hard to me. – Aquela escolha foi muito difícil pra mim

– I want a slice of THAT cake. Everybody says is so tasty. – Eu quero uma fatia daquele bolo, todo mundo diz que é muito saboroso.

– THAT is the most handsome guy I’ve ever met. – Aquele é o garoto mais bonito que eu já conheci.

– THAT pair of pants is very expensive. – Aquele par de calças é muito caro.

– I can’t stand THAT cousing of yours throwing herself at you. – Eu não suporto essa sua prima se jogando pra cima de você.

– It was hard to take that you’ve said THAT to me. – Foi difícil engolir que você disse aquilo comigo.

– Even a little child would understand THAT and you couldn’t. – Até uma criança pequena entenderia isso e você não.

– THAT boat costed a small fortune. – Aquele barco custou uma pequena fortuna.

– THAT girl was nobody less than the first love of his life. He was devastated when she was gone. – Aquele garota era ninguém menos que o primeiro amor da vida dele.

– THAT was not beautiful. – Ele ficou devastado quando ela foi embora. Aquilo não foi bonito

Plural de pronomes demonstrativos existem no inglês?

Diante dessa primeira explicação, deve ter surgido uma dúvida na sua mente se é possível aplicar os mesmos pronomes para substantivos plurais. E, a resposta será negativa.

Diferente do português, esses pronomes não admitem flexão de numeral. Como vimos, ambos são utilizados independente do gênero, mas, sempre para o singular de acordo com a proximidade (ou não) do que se fala.

Quando a intenção é falar sobre os mesmos substantivos, em número maior, você terá pronomes próprios no inglês para fazê-lo, que são:

TheseEstes, estas
ThoseEsses, essas, aqueles, aquelas

Vamos dar uma olhada em como eles são utilizados e para quê? Acompanhe nos próximos tópicos!

THESE: para que ele é utilizado?

A necessidade de usar THESE surgirá diante de algo que esteja próximo do interlocutor, seja em tempo ou em espaço, porém, guarde uma pluralidade que precise ser considerada no momento em que o interlocutor profere a frase.

Observe alguns exemplos de como isso acontece:

– THESE dishes won’t be washing itselves. – Esses pratos não vão se lavar sozinhos.

– THESE kids nowadays  have everything they want. – Essas crianças de hoje em dia têm tudo o que querem.

– THESE things you’re doing  will cost you your job. – Essas coisas que você está fazendo vão lhe custar seu emprego.

– Can I borrow THESE pants? – Eu posso pegar essas calças emprestadas?

– Where did your brother buy THESE clothes and with whose money? – Onde seu irmão comprou essas roupas e com o dinheiro de quem?

– Teach THESE children how to behave in public. – Ensine essas crianças como se comportar em público.

THOSE: como se dá sua utilização correta?

A necessidade de usar THOSE surge diante de pluralidade de sujeitos ou objetos e uma distância temporal ou física do interlocutor da frase.

Mulher apontando para algo
‘That’ é usado para expressar substantivos que estejam longe do interlocutor (Foto: depositphotos)

Ou seja, quando não guardar proximidade em tempo do acontecimento narrado, ou, quando a pessoa ou objeto esteja distante de quem fala a frase, esse será o pronome demonstrativo a ser utilizado, como em:

THOSE things you’ve planned went wrong like I’ve warned you about. – Aquelas coisas que você planejou deram errado como eu havia lhe avisado.

– THOSE boys are so stuck up. – Aqueles garotos são tão esnobes.

– Where are THOSE friends you used to go out with? – Onde estão aqueles amigos que você costumava sair?

–  Were THOSE rumors true? I remember they’ve done you harm.Aqueles rumores eram verdadeiros? – Eu lembro que eles te causaram bastante prejuízo.

 – Where are all THOSE designed clothes you’ve thought that were important? – Onde estão todos aquelas roupas de marca que você achou importantes?

– What else do you want me to say after all THOSE things? –  O que mais você quer que eu diga depois de todas aquelas coisas?

– THOSE girls are so smart. They’re kids but they behave like adults. – Aquelas meninas são tão espertas. São crianças mas se comportam como adultas.

– Why does she still wear THOSE terrible excuses? Everybody know she’s lying. – Por que ela ainda usa aquelas desculpas horrendas? Todos sabem que ela está mentindo.

Pronomes para substantivos incontáveis

Parece que as dúvidas reaparecem de acordo com o aprofundamento do conteúdo e o leque de opções que costuma surgir de acordo com o conhecimento que aos poucos se torna mais acessível. Mas, não é motivo de preocupação, ainda.

Em relação aos substantivos incontáveis você deve notar que, gramaticalmente, eles sempre serão considerados como singular.

Não importa a grandeza que eles tenham, nós nos referimos à ela em relação ao volume, ou à quantidade que nossos olhos conseguem captar. Mas sempre nos utilizando de estruturas singulares.

Logo, só importará na hora de escolher o pronome demonstrativo a proximidade física ou temporal que o substantivo guarde em relação ao interlocutor.

Veja alguns exemplos que te farão entender do que estou falando:

  • SUGAR (açúcar)

– All THAT sugar is doing you harm now. Todo aquele açúcar está te fazendo mal agora. 

– THIS is the sugar that I wanna put in the cake. – Esse é o açúcar que eu quero colocar no bolo.

  • MONEY (dinheiro)

– Do you need THIS money? – Você precisa deste dinheiro?

– THAT was all the money I had. – Aquele era todo o dinheiro que eu tinha

  • TIME (tempo)

– Are you sure it’s worth spending all THIS time working on this? – Tem certeza que vale a pena gastar todo esse tempo trabalhando nisso?

– Do you think it was worth spending all THAT time working on this? – Você acha que valeu a pena ter gasto todo aquele tempo trabalhando nisso?

Exemplos de diálogo

Veja, abaixo, alguns exemplos de diálogo que vão te ajudar a compreender melhor como o tema pode ser aplicado nas situações mais diversas do dia a dia:

Exemplo 01:

A – Have you ever seen that movie? – Você já leu aquele filme?

B – Which one? The curious case of Benjamin Burton? – Qual? O curioso caso de Benjamin Burton?

A – Exactly! This one. – Exatamente! Esse mesmo.

B – I’ve already seen this movie twice. It’s one of the bests Brad Pitt’s movies I’ve ever seen, and he’s really hot in this character. – Eu já vi esse filme duas vezes. É um dos melhores filmes do Brad Pitt que já vi, e ele está realmente gostoso nesse personagem.

Exemplo 02:

A – Is this your brother? – Esse é o seu irmão?

B – No, actually, this is my boyfriend. – Não, na verdade, esse é meu namorado.

A – Gee, I’m sorry. But it’s not my fault that he looks like your younger brother. – Nossa, me desculpe.  Mas não é minha culpa que ele pareça com seu irmão mais novo.

B – You’re right. It’s not your fault and neither your business.  – Você tem razão. Não é sua culpa e nem da sua conta.

Exemplo 03:

A – Will you wear this red dress on Friday’s party? – Você vai usar esse vestido vermelho na festa de sexta?

B – Actually, no. I’ve already worn this dress in two parties in a row. I need to buy a new one. – Na verdade, não. Eu já usei esse vestido em duas festas seguidas. Eu preciso comprar um novo.

A – So, can I borrow it? – Então, posso pegar ele emprestado?

B – Sure you can. – Claro que pode.

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.