Colors: Cores em inglês

As cores em inglês complementam os assuntos mais simples da língua inglesa. Por isso, é comum que as crianças tenham contato com esse conteúdo desde muito cedo.

No países que têm o inglês como língua oficial, principalmente Estados Unidos e Canadá, onde o programa fez mais sucesso, as crianças aprenderam sobre as cores em inglês cantando os versos de Barney & Friends: ”I like red it’s the color of an apple / Orange it’s the color of an Orange / Yellow it’s a lemon and a beautiful sun sun sun” (Em uma tradução livre: “Eu gosto de vermelho, é a cor de uma maçã / Laranja é a cor de uma laranja / Amarelo é a cor do limão e um lindo sol, sol, sol”)

Devido à identificação nas fases da primeira infância, as cores são sempre os assuntos preferidos nas pré-escolas e nas séries iniciais, tanto nas aulas de arte como nas de língua.

Isso porque, o universo infantil historicamente é cercado de elementos coloridos. E, numa visão pedagógica, tudo que tem cor e movimento tende à prender a atenção das crianças nos primeiros momentos.

Porém, não é só no aprendizado infantil que esse assunto se faz importante. Dominar o conteúdo pode ser essencial no momento de fazer compras em viagens ao exterior onde provavelmente você pode precisar dizer coisas como: “você tem a peça vermelha em um tamanho maior?”.

Ou mesmo, no momento de comprar seu carro importado no exterior, você pode precisar dizer: “Eu prefiro o modelo amarelo”.

Além de algumas expressões linguísticas que podem facilitar a comunicação e envolvem as cores em inglês. Então, vamos adentrar esse universo lúdico juntos e aumentar ainda mais sua compreensão acerca do tema?

Lista de cores em inglês

Abaixo você terá organizada uma lista com cores em inglês e suas traduções para o português. Confira!

Cores do arco-íris
Além das cores, você também pode falar suas tonalidades (Foto: depositphotos)

White – Branco
Beige – Bege
Black – Preto
Brown / Maroon – Marrom
Red – Vermelho
Yellow – Amarelo
Blue – Azul
Green – Verde
Orange – Laranja
Pink – Rosa
Gray – Cinza
Lilac – Lilás
Purple – Roxo
Magenta – Magenta
Violet – Violeta
Gold – Dourado
Silver – Prateado
Tan – Bronze

Tonalidades de cores

Ao longo da vida nós colecionamos informações aceca das cores que nos ajudam a identificar suas tonalidades.

Em diversas carreiras, em áreas como design e arquitetura, saber como identificar, sugerir e falar sobre as diversas tonalidades que as cores podem apresentar, pode ser bastante útil aos profissionais da área.

As vezes, esse tipo de aprofundamento exige alguma pesquisa, pois, em português diversas tonalidades têm nomes próprios.

Sendo assim, essas tonalidades em inglês podem ser identificadas como nos exemplos abaixo sobre alguns tons de azul:

Baby Blue – Azul bebê
Aquamarine – Azul piscina
Cerulean – Azul cerúleo
Cobalt Blue – Azul cobalto
Navy Blue – Azul marinho
Cyan – Ciano
Sapphire – Azul Safira
Turquoise – Azul Turquesa
Teal – Azul Petróleo

E, acontece também com diversas outras tonalidades de cores como em:

Carmine – Carmim
Olive – Verde Oliva
Peach – Pêssego
Salmon – Salmão
Scarlet – Laranja Escarlate
Lavender – Lavanda
Lime – Verde limão
Cherry – Rosa cereja

Com um pouco de pesquisa direcionada você consegue descobrir diversos nomes próprios de tonalidades se esse for o seu foco.

Isso se sua profissão ou a sua necessidade comunicativa englobar nomes técnicos das cores que você almeja referir-se.

Porém, de um modo geral, quando sua necessidade for apenas dizer que quer uma tonalidade mais clara de determinada cor, você poderá acrescentar a palavra LIGHT antes da cor à qual pretende se referir.

Assim, criando uma collocation que te ajudará a nomear aquela tonalidade de acordo com sua intenção, observe:

Light Blue – Azul Claro
Light Green – Verde Claro
Light Orange – Laranja Claro

Já se sua intenção for referir-se à uma tonalidade mais escura de determinada cor, você poderá utilizar a palavra DARK para criar a collocation, como acontece com:

Dark Gray – Cinza escuro
Dark Pink – Rosa escuro
Dark Yellow – Amarelo escuro

Sufixo ISH em cores: como funciona essa formação de palavra?

Muitas vezes sentimos a necessidade de comunicar em palavras cores que para nossa visão ou percepção não parecem bem determinadas. E o sufixo ISH vai te ajudar a referir-se à essas cores, caso você necessite.

Quantas vezes não falamos que ao lavar roupas de cor junto à roupas brancas numa máquina de lavar as peças ficaram “avermelhadas”?

Ou, nos referimos aos olhos de alguém como “azulados” ou “esverdeados”, por não termos certeza da cor?

É exatamente para isso que esse sufixo vai servir, observe como utilizá-lo:

Redish – Avermelhado
Bluish – Azulado
Greenish – Esverdeado
Purpleish – Arroxeado
Pinkish – Rosado
Yellowish – Amarelado

Olho esverdeado
O sufixo ISH pode ser usado para falar sobre cor dos olhos (Foto: depositphotos)

E, o uso é mais comum e simples do que você imagina, como você pode observar na aplicação de algumas frases exemplificativas:

Her hair was kind of yellowish, I’m not sure if it was a good idea dying it again – O cabelo dela estava meio amarelado, eu não tenho certeza se foi uma boa ideia tingi-lo novamente.

I need to change the color of my office, and I’m think about painting it bluish – Eu estou pensando em mudar a cor do meu escritório, e eu estou pensando em pintá-lo azulado.

The witness was not sure about what color was the burglar’s eyes, he said they looked like blueish or greenish – A testemunha não tinha certeza sobre a cor que tinham os olhos do assaltante, ele disse que eles pareciam azulados ou esverdeados.

Exemplos de diálogos

Diversos diálogos acerca das cores podem ser importantes para a melhor compreensão e prática acerca do tema.

Observe alguns dos exemplos mais comuns em que as pessoas precisam se referir às cores quando estão se comunicando:

Exemplo 01:

A – Look at that dress in the window over there. – Olhe aquele vestido na vitrine logo ali.

B – Which one? – Qual deles?

A – The red one. – O vermelho.

Exemplo 02:

A – Good afternoom, Ms. Can I help you? – Boa tarde, Sra. Posso ajudar-lhe?

B – Sure! I really liked the red dress in the window, can I try it on, please? – Claro! Eu realmente gostei do vestido vermelho da vitrine, posso experimentá-lo, por favor?

A – Of course, what’s your size, please? – Claro, qual seu tamanho, por favor?

B – Small. – P.

A – I’m sorry, we don’t have the red one on a small size. But I have the same dress in navy blue on your size. Would you like to try? – Desculpe, não temos o vermelho em tamanho P. Mas, eu tenho o mesmo vestido azul marinho no seu tamanho. Você gostaria de experimentar?

B – No, thanks. I was only interested on the red one. – Não, obrigado. Eu só estava interessada no vermelho.

Exemplo 03:

A – Hello, Sir. Are you taking the black BMW you tested yesterday? – Olá, Senhor. Você vai levar a BMW preta que experimentou ontem?

B – Maybe I’ll take it as a gift for my son, but he asked me to buy it on white. Do you guys have it with leather seats? – Talvez eu leve como presente para meu filho, mas ele me pediu que comprasse branca. Vocês tem com bancos de couro?

A – Of couse we have it. You’re making an excellent deal buying it with us. – Claro que temos. Você está fazendo um ótimo negócio comprando conosco.

Expressões comuns

É bastante comum que nós nos deparemos com algumas expressões em inglês que envolvam cores e que tenham significados comunicativos próprios.

Por exemplo, a cor GREEN está associada à diversas expressões relacionadas à ecologia, sustentabilidade. Como você pode conferir algumas abaixo e aprimorar seus conhecimentos acerca do tema:

Green tourism – Turismo ecológico
Green energy – Energia com impacto reduzido à natureza
Green paper – Papel reciclado

Porém, existem algumas collocations com a palavra GREEN que não vão estar associadas à ecologia. E sim, à coisas comuns, cotidianas. Como por exemplo:

Green apple – Maçã verde
Green light – Semáforo verde

Ainda associado à cor verde, temos a expressão linguística: TO BE GREEN. Que, em inglês, vai significar: estar/ser imaturo, inexperiente. E você pode ver aplicada em frases como:

I think he’s green as a lawyer to have his own office, but, I’m rooting it works fine. – Eu acho que ele é inexperiente como advogado pra ter o próprio escritório, mas, estou torcendo que dê certo.

Your boyfriend is not green, is childish. – Seu namorado não é imaturo, é infantil.

Em diversas situações nós nos referimos aos olhos de quem acaba de chorar em português como “vermelhos e inchados”. Em inglês a expressão também vai existir e se chamará “red and puffy”.

Observe ela sendo usada no diálogo abaixo:

A – What’ve happened to you? – O que houve com você?

B – What do you mean with that? I’m fine. – O que você quer dizer com isso? Estou bem.

A – You’re not making a fool of me. Your voice is shaking and your eyes are red and puffy. Talk to me, let me help you. – Você não me engana. Sua voz está trêmula e seus olhos estão vermelhos e inchados. Converse comigo, me deixe te ajudar.

Porém, também nos referimos à nossa pele estar “vermelha e inchada” quando temos machucados, feridas ou hematomas.

Nesse caso, em inglês nós diremos que aquela camada de pele está: “red and swollen”. Observe ela sendo usada no diálogo abaixo:

A – I think you should see a doctor, your leg is red and swollen. – Eu acho que você deveria ir ao médico, sua perna está vermelha e inchada.

B – I really can’t move. Can you call the emergency? – Eu não consigo me mexer. Você pode ligar pra emergência?

A – Of course, keep yourself quiet ‘til they come. – Claro, mantenha-se quieto até eles chegarem.

Ainda que as duas expressões signifiquem para nós a mesma coisa, você poderá dar significados diferentes de acordo com a expressão que você use.

Por exemplo:

Se você diz: “Your eyes are red and puffy”, a pessoa que ouve vai entender que apresenta um inchaço nos olhos parecido à choro, à uma crise alérgica ou mesmo uma leve conjuntivite que a faz lacrimejar.

Já se você diz: “Your eyes are red and swollen”, a pessoa que ouve vai entender que apresenta hematomas nos olhos como de um soco desferido contra o rosto, uma pancada ocasionada por um acidente e alguns outros derivados.

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *